E as vezes a gente só precisa respirar fundo,

pensar, e se condenar um pouco. É isso que eu sempre faço, e funciona. Juliane Cazumbá

beijos, julie.